domingo, 6 de novembro de 2022

Cadeirinha verde

 


Sentada na minha cadeirinha mágica, observando para além do muro com florzinhas. Meus olhos seguem as folhas, sonhando os contos e poemas das florestas infinitas. Meu pequeno coração, sonha florido, meus olhos, sonham estrelas. Sentada na minha cadeirinha verde, sinto o cheiro das rosas, elas cantam a música das fadas e dos anjos. Eu queria ter nascido outrora ou adiante, pois escuto outros sons. Eu queria ser a florzinha que olho da minha cadeirinha, viver no mundo das miniaturas imaginantes. Um doce sopro habita em mim, o vento e a brisa da minha cadeirinha.

(Escrevi esse textinho e fiz essa ilustração  inspirada em uma cadeirinha que tive quando criança. Adorava sentar nela e ficar observando as pequenas coisas em minha volta. Também me inspirei em um trechinho do livro "Olhinhos de gato" de Cecília Meireles, quando a mesma também ganha uma cadeirinha para olhar o mundo. Acho que eu no caso sou "Olhinhos de coelho"). 


domingo, 19 de junho de 2022

Cestinha de flores




Tantas flores no campo
amiga passarinha!
Elas irão enfeitar nosso coração.Quando a primavera se forEscutarei seu canto com o canto das flores.E alguém pode perguntar:As flores cantam?Ora, claro que cantam!Escute a bela música que fazemAo balançarem no ventoAo receberem a chuva da manhã,As pequeninas canções que fazemQuando encontram as pequenas gotinhas de orvalho.Que belas músicas pro meu coração de ursinhaA música dos pássaros como tu minha amigaE a músicas das flores.Já sinto meu coração como uma terna cestinha de flores.


sexta-feira, 1 de abril de 2022

Uma cartinha de algodão-doce

 


Querida Ursinha,

não sei se você vai se lembrar de mim, mas eu sou o Ursinho que vende algodão-doce na pracinha. Você passa lá todos os dias com uma bicicleta com cestinha, carregando flores, usando um chapéu. Eu também uso um chapéu, ganhei do meu avô e gosto muito dele, e fiquei feliz só de pensar nessa coincidência de nós dois usarmos chapéus. Abril chegou e logo dias mais frios vão chegar, e eu vou usar um gorrinho junto com o chapéu. Ah Ursinha, já estou me alongando em uma carta que você com certeza pode achar sem sentido, mas mesmo assim espero ter coragem de te entregar, juntamente com um algodão-doce, e se eu conseguir fazer um poema, ele irá também para suas mãos. Espero que você goste dessas doçuras, afinal, um Ursinho que vende algodão-doce só pode oferecer dessas ternas doçuras. Tomara que você responda essa singela cartinha.

Com carinho,

Ursinho.



domingo, 6 de março de 2022

Mais uma listinha de coisas preciosas:

 


- Sorrir para uma rosinha amarela.

- Tomar um café quentinho pensando em uma doce poesia sonhadora.

- Fazer uma oração perto das flores.

- Colocar botinhas e caminhar pelas árvores.

- Ficar escutando os passarinhos imaginando seus pequeninos corações musicais.

- Escrever um dicionário criando significados para suas palavras favoritas.

- Se imaginar como um bichinho vivendo em uma toca no bosque.

- Sonhar que se é uma fadinha dormindo em uma rosinha macia.

- Ler um livro mágico com a luz do fim da tarde.

- Guardar um pensamento sereno.

- Cantarolar para o próprio coração.