Páginas

sábado, 20 de agosto de 2016

Passos Chuvosos



As coisas mudaram,
as chuvas não são mais como antes,
nem os ventos, as estrelas, as nuvens.
O tempo também não é,
as palavras, nem mesmo o silêncio.
Já percorri com passos chuvosos,
com galochas sonhadoras pulando poças d’água.   
Já percorri passos ensolarados
onde as árvores pousavam sombras.
Os caminhos ainda guardam as essências,
ainda pulsa um coração mágico,
um sabor de suco de maracujá
um doce acalentar de bolinho de chuva.
E o segredo é caminhar mudando
erguendo horizontes,
na aventura curiosa de um livro de fantasia.
O segredo é não perder a miudeza que te fez,
que te é,
que te sempre vai ser.
Carrega contigo ainda esse caminhar,
passos regadores são para sempre.

3 comentários:

Carmem Grinheiro disse...

Às vezes não sei se a mudança se deu nas coisas ou se em mim, que me metamorfoseio a cada estação...

bjn amg

Graça Pires disse...

Tão belo, Gaby! " o segredo é caminhar mudando erguendo horizontes,na aventura curiosa de um livro de fantasia" Maravilhoso!
Um beijo.

As Mulheres 4estacoes disse...

Em cada caminhar temos a oportunidade da transformação, de erguer novos horizontes para iluminar nossa estrada.
Lindo poema.
Um abraço,
Sônia