segunda-feira, 25 de maio de 2015

A árvore e o barquinho


Uma árvore ficava olhando um barquinho pensando como sua vida seria colorida se pudesse navegar. A distância era um rio. De vez em quando um vento batia e suas folhas seguiam o caminho das águas azuis-esverdeadas, pousavam no barquinho e voavam dele para o céu. O barquinho vendo aquele voo de folhas ficava pensando como sua vida seria colorida, se ao invés de navegar nos reflexos das estrelas pudesse voar e alcançar aquela lua tão bonita e aquelas estrelinhas tão distantes de verdade. E a árvore e o barquinho se acostumaram a olhar procurando navegações e voos, procurando um vestígio de estrelas de que foram sempre feitos.

5 comentários:

Jason Jr. disse...

Semhorita Gaby, é você quem faz as pinturas/ilustrações dos posts? Otima semana! 😊

Simone Lima disse...

Assim somos nós, eu acho.
Adorei, Gaby!
Lindo teu blog, teus desenhos e textos *-* mto amor!

Bjoo'o

Washington Albuquerque disse...

Juro que a primeira vez que li o título de imediato me veio na cabeça "relaxa árvore, logo tu vira um barco também" (6) rs Maldade, eu sei. Ah Gaby, quanta sutileza... Essa ambição deliciosa, parece ser mais do que um barco :D

xoxo

Vanessa Palombo disse...

Quanta leveza nas suas palavras...

Lindo como sempre..

Bjos

Graça Pires disse...

É sempre deliciada que leio estas histórias. Parabéns.
Um beijo.