quarta-feira, 25 de março de 2015

O doce caminho da paz



E um dia hei de me despedir.

Haverá um caminho de águas e flores,
um trajeto sereno e puro,
poucas lembranças,
poucas saudades.
O vento dará asas,
e em águas e nuvens
a vida vai dar um suspiro de calma.
E só haverá paz
.



4 comentários:

Vanessa Palombo disse...

E que a paz reine para sempre...

Bjos

Washington Albuquerque disse...

Ah, esse caminho sereno.

Belas palavras, querida *.*
xoxo

Graça Pires disse...

Que serenidade!
Beijo.

Carmem Grinheiro disse...

Gaby!
Vou lhe confessar: há poucos dias andei a correr os blogs que sigo para encontrar o seu, que eu, despistada, não lembrava o nome, nem do blog nem o seu - perdão - só sabia que era um blog tão... "suave", é a palavra que me ocorre e acho que é a que o descreve, na minha perspetiva pessoal.
A ver seu rosto nos comentários no "lado do sol" é que deu-me o "click" e, voilá!

Eu rezo para que a minha despedida chegue com essa tranquila beleza de que você fala e que se faça em paz.
A pintura está linda ;)

bj amg