Páginas

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Olhar que cura



Parece sempre, e os vestígios andam comigo cada vez que eu acordo, e os sonhos vão voltando com a cor verde das árvores. Parece perto, como um abraço, como estrelas que pregaram-se em vestidos, galhos, animais e folhas, depois que se desprenderam do céu. E no ar escuto o som de violino e vozes, como um coral de asas, e o som também é luz, acalenta o ouvido e adormece os olhos. Parece distante, mas seus olhos curaram os meus, e agora meus cílios carregam orvalhos, manhãs iluminadas, caminhos mágicos e lamparinas acesas. 

11 comentários:

Graça Pires disse...

Uma escrita tão suave que apetece ficar por dentro dela...
Beijo.

Ives disse...

Lamparinas celestes na essência poesia! abraços

Catarina Luna disse...

que leveza. gosto tanto de te ler, querida Gaby <3

Cadinho RoCo disse...

De um lirismo delicioso.
Cadinho RoCo

© Piedade Araújo Sol disse...

tanta serenidade e ternura...

gostei muito!

beijo

:)

Luma Rosa disse...

Oi, Gaby!
Um sonho que se faz presente ainda no despertar. Sonho lindo!!
:)
Beijus,

Vanessa Palombo disse...

Caminhos mágicos e lamparinas acesas....perfeito!

Bjos

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Para mim,
os olhos de alguém
são poesias e entregas,
são luzes e estrelas,
são manhãs e tardes...
Difícil falar do olhar
que acorda caminhos mágicos,
que ilumina nossas vidas,
que nos orvalha o coração
e acende as lamparinas da felicidade.
Seriam necessários milhões de versos
que por sua vez
se resumiriam a uma única palavra:
- Obrigado...

____________________________________
“Um sonho é uma parte de nós
onde está guardada a semente da esperança.
Cuidar desta semente é a minha,
a sua, a nossa missão na vida.”

Aluísio Cavalcante Jr.

Nilson Barcelli disse...

Há olhos que nos curam... ao contrário dos maus-olhados...
Gostei imenso do teu texto, muito suave e poético.
Boa semana, querida amiga Gaby.
Beijo.

Carmem Grinheiro disse...

Gaby,
sua escrita parece nos levar a um mundo encantado, dos contos de sonho, de tão ... doce, sensível, gostosa como um doce bom.

E há sim, olhos que curam.
bjn amg

Simone Lima disse...

Tudo tão leve aqui, tão claro, tão poético. Isso toca o coração com uma força...

Bjoo'o