sábado, 10 de maio de 2014

Uma poesia para continuar

Quando aquela luz da noite entra,
você está meio adormecido e meio acordado,
e seus olhos param estrelas.
Seus olhos estão sempre distantes.

Segue serena,
essa palavrinha me faz até adormecer,
nesse adormecer queria estar,
a canção de ninar, a canção de dormir
a canção de acordar.

Não é fácil ter um coração de carne
e pensamentos de vento.
Vou sonhando azuis,
porque tudo é tão sopro
e eterno.

Deixo minha mão com seus versos.
O que eu poderia mais com mãos tão pequeninas?
mas os pézinhos são voadores tá bom?

As páginas pousam nos dedos
e eu fico sorrindo.
Tem sido minha força.

6 comentários:

Lucas - Blog: Overture disse...

Tua poesia se encaminha para um novo tom? Estarei lendo equivocadamente? Parece pender-se muito suavemente para o tema romântico, com um muito suave tom de melancolia... Será? É bela, muito bela essa canção. Como a palavrinha que te faz adormecer e acordar, esse poema nos faz sonhar algum sentido que não está perfeitamente claro; para compreender melhor, há que se ter pensamentos de vento. Sei que é belo, porque tua alma ficou um tanto impressa nele, e tua alma é muito, muito bela. Beijossssssss

BIA disse...

Lindo como sempre! Que você continue semeando as coisas maravilhosas da vida!
Feliz dia das mães para sua mamãe Gaby! :)

Bjs

© Piedade Araújo Sol disse...

vou sonhando azuis...

eu também, eu também...

muita ternura e serenidade.

a foto do perfil está muito bela.

uma boa semana.

um beijo

:)

Catarina Luna disse...

és uma menina tão querida, dás-me sempre tanto apoio com as tuas palavras ternurentas. obrigada, Gaby!
um beijinho grande, continua a encantar.

Samuel Balbinot disse...

Boa noite gaby.. só para continuar né rss que continue sempre assim.. seja com poesias ou com os teus contos pequenos que nos transportam.. gostei do citado pensamentos de vento.. e como temos eles.. só quando materializados nossa vida se acalma bjs e um até sempre

Aline Teles disse...

Continuar através das suas poesias com certeza é um ótimo caminho. Lindo! Lindo! Lindo! Beijinhos.