Páginas

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Os Cartões Mágicos.


Todo o natal uma linda menina que usa um cachecol azul, faz um monte de cartões para colocar nas caixinhas das redondezas. Ela mora em uma vila perto de uma floresta e de um campo de carneirinhos branquinhos como a neve, em todos os natais as portas das casinhas ficam enfeitadas com uma estrela, e menina assim já sabia que precisava entregar seus cartões, colocava todos em uma cestinha e saia.
Entregava para as crianças que brincavam de fazer bonecos de neve, para a moça da confeitaria que fazia doces em formas de enfeites de natal, caminhava mais adiante para colocar um cartãozinho bem pequenino na casinha dos passarinhos azuis, já para o senhor esquilo ela deixava dentro da sua toca na árvore. Chegava bem perto da casa do urso e deixava um cartão bem grande e um pote de mel, os ursos adoram mel. Os coelhinhos esperavam ansiosamente para abrirem a caixinha dos correios e pegar o cartão, a dona coruja esperava a menina na árvore de tão ansiosa para pegar o seu.
Depois das entregas para as pessoas e os bichinhos, a menina caminhava até a casinha dos correios também, deixava lá mais cartões e mandava um cartão para o papai Noel é claro, para os elfos e para as fadinhas que se escondiam do frio em suas árvores.
O fim do dia enfim ia caindo, deixando dourada a neve e as folhas das árvores que ainda apareciam, as graminhas escapuliam só para ver o dia de natal, ficavam também todas douradinhas, e a menina voltava com seu cachecol azul com sua cestinha vazia e o coração cheinho. Havia feito todas as entregas e não via a hora de chegar à sua casa para tomar um chá quentinho com os biscoitos de natal que seu pai provavelmente já estava tirando do forno. Corria e logo chegava à sua casinha, deixava seu último cartão do dia na sua própria caixinha, era recebida com alegria pela sua cachorrinha e seu gatinho, ambos estava usando chapéus de noel, sua mãe sempre colocava neles em todos os natais. Do portão ela já sentia o cheiro dos biscoitos saindo do forno.
Quando a noite chegava a menina trocava seu cachecol azul por um vermelho, ia para a janela ver a neve e as estrelinhas, lá longe o coral de natal cantava, e no céu entre neves e estrelas podia-se ver até as asas dos anjinhos que voavam bem rapidinho, adiante ela via as luzes das casinhas dos animais, das pessoas, e sorria e sorria. Como gostava de poder entregar seus cartõezinhos mágicos! 

12 comentários:

*Escritora de Artes* disse...

Oi Gaby,

Seus textos sao mágicos...sempre tenho a sensaçao de estar em outro tempo quando os leio....

Boas festas!

Bjos

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Gaby.. lendo este como já li outros só mostra o talento que tens e não sei se tem mas deveria pensar em publicar algo mais a frente.. são bem narradas as cenas das tuas histórias.. bjs de bom dia

© Piedade Araújo Sol disse...

magia e ternura abundam nos teus textos..

bom natal

:)

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

delicioso texto muito carinhoso e mágico!
bom natal e fim de ano blogueira!

BIA disse...

Um Feliz Natal Gaby!!! Que seja tão iluminado e belo como o teu lindo post!!!
Boas Festas!!!
Bjs :)

Lucas - Blog: Overture disse...

Não tenho tido tempo. Muita venda, clientes para todo lado, até caindo do teto. Mas vento comentar-te, o que muito me agrada. És bela. Todos os teus textos são belos. Eu volto. Beijossss

Ani Braga disse...

Seu blog é um encanto!
Tudo lindo e de muito bom gosto.
Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

Beijos
Ani

HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

Aline Teles disse...

Que texto mágico e encantador. Combina bem com essa época. Feliz natal para você e sua família. Beijinhos.

Dinha Belmont disse...

gaby, adorei o texto, suas palavras são encantadas. saudades

Catarina Luna disse...

obrigada pelo comentário bonito, minha querida :)

Joaninha Musical disse...

Que linda história natalina!! Muito bom o que escreveste na tua postagem,gostei muito de ler. Espero que tenhas tido um natal maravilhoso!! Desejo continuação de boas festas,espero que entres em 2014 com o pé direito,desejo-te 365dias de eternas alegrias,tudo de bom para ti,muitos beijinhos,fica com deus e até breve!!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Meu desejo para os que habitam
o meu coração,
é um mergulho no tempo,
onde cada dia,
é um dia de ano novo,
e cada sonho,
uma senha a ser descoberta,
nesta caminhada rumo a alegria.

Muito obrigado por sua amizade.
Que sejamos e façamos felizes a cada dia.

ALUÍSIO CAVALCANTE JR.