quinta-feira, 4 de julho de 2013

Incentivo à Leitura

A linda Marcela do blog The Dusty Attic, me indicou para fazer essa tag de Incentivo à leitura. Fiquei muito feliz, o blog dela é um encanto e eu adoro estar por lá, obrigada Marcela pela indicação!
Falar de livros sempre é muito bom, e indicar livros é algo que eu adoro fazer, embora não faça aqui no blog (pretendo começar). Teria muitos e muitos para indicar, mas para essa tag assim como a Marcela fez, vou indicar três livros, entre muitos outros que irão aparecer logo aqui no blog.

O primeiro livro que indico é “Coração de Tinta” da escritora e ilustradora Cornelia Funke. É um dos meus livros preferidos, ele é o primeiro livro de uma trilogia chamada Mundo de Tinta e tem até um filme dele, muito bonito também, mas bem diferente do livro em alguns aspectos. 
A trilogia é maravilhosa e eu indico certamente ela toda, mas Coração de Tinta tem algo muito especial, quando peguei o livro nas mãos, senti aquele cheirinho, folhei as páginas, olhei as ilustrações, eu já me apaixonei antes de ler, depois de lido amei e fui atrás do filme, e não demorei a ler os outros livros “Sangue de Tinta” e “Morte de Tinta”. 
A cada capítulo que começa, um trechinho de outro livro ou de uma poesia é colocado, o que faz você descobrir muito livros dentro de um livro (cheguei a outro livro que vou indicar aqui através de Coração de Tinta).
Então é um livro que além de dar vontade de continuar a ler os outros da trilogia, impulsiona a ler vários outros livros, clássicos da literatura infantil, livros que você nunca ouviu falar, muitos livros já conhecia e já havia lido, mas muitos descobri nesse livro. Dá uma vontade imensa por mais e mais livros.
E mais, Meggie Folchart , Mo Folchart e Dedo Empoeirado são personagens de Coração de Tinta e uns dos meus personagens preferidos do mundo dos livros, e ah, sem esquecer que coração de tinta nos faz ter aquele sonho de ler em voz alta e fazer com que nossos personagens preferidos apareçam na nossa frente!


Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. Quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração de Tinta". Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de Coração de tinta um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.


O segundo livro que indico é “O Burrinho Prateado” de Sonya Hartnett. 
Li recentemente esse livro encantador e terno, o descobri escondido na prateleira da livraria e algo me chamou muito para ele, o nome primeiramente e a capa que achei de uma ternura, de uma certa mágica e de um mistério. Quando o vi, percebi que ele guardava algo muito especial, as minhas mãos seguraram ele com terno carinho. 
Na história o soldado no bosque conta vários contos, sempre envolvendo um burrinho, contos lindos, é de chorar com cada um deles, com a honestidade que passam, com a ternura e com o poder da inocência e da bondade.
Foi doce a descoberta desse livro, uma doce história que merece mesmo ser conhecida.



Um livro alegre e encantador para pessoas de todas as idades. Em uma manhã luminosa de primavera, duas irmãs encontram na floresta um soldado cego. O soldado conta para elas histórias maravilhosas envolvendo sempre a pequena escultura prateada de um burrinho que ele carrega no bolso. Os dias vão passando, e as duas meninas se esforçam, em segredo, para ajudar o soldado a voltar para casa enquanto aprendem o que esse precioso objeto significa: honestidade, lealdade e coragem.




O terceiro que indico é O Vento nos Salgueiros, livro que descobri dentro das páginas de Coração de Tinta, é outro encanto de livro, uma fábula linda, a descrição dos lugares é primorosa, os diálogos são lindos e a amizade colocada no livro é muito bela.
Encantei-me quando o Toupeira sente o cheiro de sua casinha que havia deixado há muito para explorar mais o mundo de cima, e volta debaixo daquela neve toda junto com seu amigo Rato, quando chegam lá preparam uma lareira e uma refeição, como estavam próximos do natal, ratinhos de repente chegam para cantar, parece que estamos aconchegados ali junto da lareira também, podemos ver a neve, sentir o cheiro das árvores, apreciar as aventuras dos bichinhos e estar nelas.

Vou deixar uma ilustração que encontrei dessa história feita por Inga Moore, muito linda, só para deixar mais no ar o encanto desse livro. 


Este romance é um clássico da Literatura Inglesa do começo do século. O autor escreveu-o como cartas para entreter o filho, sem imaginar que, reunidas estas em volume e publicadas, se tornariam um grande sucesso literário. Os personagens são animais, que vivem no mesmo ambiente dos seres humanos.
"...um livro infantil divertidíssimo, contrastando a vocação doméstica e intimista do Toupeira com o espírito aventureiro do Rato, a sabedoria ajuizada do Texugo e as destrambelhadas aventuras do Sapo, rebelde, sem juízo, entusiamadamente triunfante em sua irreverência. Pela força psicológica dos personagens que cria e a quem dá vida - ainda que sejam simples animaizinhos do campo ou habitantes das margens de um rio - Kenneth Grahame dá origem a um universo que nenhum leitor esquece. Em suas ações, se desenrola uma história de crescimento, de formação de um personagem (Toupeira), e essa narrativa é que nos carrega. O leitor acompanha emocionado o relato de uma situação com que toda criança sonha - e muito adulto também. Ou seja, vamos seguindo o processo em que o herói sai da segurança do lar para se lançar no mundo, e passa de um estágio de inexperiência e medo para uma fase mais madura, em que tem condições de dar conselhos e é capaz de liderar os outros."


Ilustração Inga Moore:




Os blogs que vou indicar para fazer essa tag são:


5 comentários:

Bah disse...

Não ouvi falar de nenhum dos três.. acho que eu tava cega nesses últimos meses com as Crônicas de Gelo e Fogo... vc chegou a ler?

Kisu!

*Escritora de Artes* disse...

Olá querida Gaby,

Adorei as dicas, nao conhecia nenhum deles. Coraçao de Tinta deve ser bem interessante...

Obrigada pela indicaçao, fiquei lisonjeada...

Bjos

BIA disse...

Oi Gaby!!!

Que legal está tag de incentivo à leitura... os livros são fundamentais e a base de desenvolvimento de um País. Gostei das suas dicas e não conhecia estes livros mas espero lê-los também!!! Fiquei muito feliz e lisonjeada pela indicação, obrigada!!!

Bjs :)

Marcela disse...

Oi Gaby! muito obrigada por ter respondido a tag :)
Eu assisti o filme do coração de tinta e não gostei muito, achei que ficou "Hollywoodiano" demais. Mas minha amiga que ama essa série disse que o livro é muito mais legal e que eu deveria comprá-lo.
Fiquei apaixonada pelo "O vento dos salgueiros", nem sabia que existiam ilustrações da Inga Moore pra essa obra! Parece ser muito legal, eu adoro histórias com protagonistas animais. :)

xx

Lívia Inácio disse...

Lindo post, Gaby!
Muuito obrigada pela indicação =)

Beijoo