domingo, 16 de junho de 2013

Lire e o Príncipe Elfo - II

Depois que passou a manhã, a tarde chegou tão rapidamente que um piscar de olhos bastou, Lire seguiu voando com o coração batendo diferente, havia prometido para a senhora Flere que levaria algumas flores do campo, depois de ter ouvido o que o pássaro havia falado do reino élfico e do príncipe, Lire voava e não parecia ver mais riscos como feitos por um lápis de cor, ela própria não parecia mais assim, tudo se transformou como uma calma aquarela, talvez por tê-lo conhecido no lago de aquarela? Não sabia.


Entregou as flores para Flere, uma fada muito querida que morava na árvore dos pássaros, lá havia tantos pássaros que ficou se chamando a árvore assim.
- Lire é sempre uma alegria lhe ver – disse Flere – que flores lindas essas. O que vais fazer agora nessa linda tarde que desabrocha?
- Oh não sei Flere, talvez voltar para casa, não quero me encontrar com os visitantes.
- Que bobagem! Eles são adoráveis, as moças, os moços, todos. Lógico que há muito neles do que costumam falar dos elfos, gostam de irritar, mas muitos são ótimos seres.
- Conheceu o príncipe e o rei? – perguntou Lire.
- Infelizmente não.
Com mais algumas palavras, Lire se despediu e saiu voando pela floresta, sentiu uma imensa vontade de descer e andar um pouquinho, e assim o fez olhando para cima, para as imensas árvores , era tão pequena que poderia dizer que eram árvores gigantescas, de tão distraída tropeçou em uma pedra e caiu de encontro com um outro pequenino ser que andava em sua direção, o dois ficaram meio desorientados caídos ao chão, mas logo se levantaram.
- Ora se não é a fada que me guiou pela floresta ontem – disse o elfo.
- Príncipe – disse ela encabulada.
- As notícias correm depressa – disse ele – os pássaros sempre as levam.
- As notícias boas, é claro – falou Lire – desculpe-me, eu não sabia que era um segredo.
- Oh não é um segredo, claro que não – respondeu – apenas que eu não sei bem mais do que sou príncipe.
- Como assim?
- Nosso reino foi tomado se assim posso dizer, e estamos peregrinando em busca de um novo lugar.
- Mas desistiram assim seja lá pelo que foi?
- Na verdade meu pai achou melhor, ele fez um acordo, quis cumprir o compromisso, é tudo um pouco culpa minha para falar a verdade – disse ele com tristeza – ainda não sei como você se chama.
- Lire, e você?
- Théordore.
Lire não disse, mas achou o nome bonito e esquisito para um príncipe.
- Por ontem vi que sabe muito bem andar pelos caminhos – continuou o príncipe – saberia de um lugar que poderíamos ficar?
- Sei pouco do que é longe daqui, mas Ledim deve saber, ele é muito sábio.
- Quem é Ledim?
- É um gnomo, ele é viajante, não é daqui, se dermos sorte podemos encontrá-lo perto das árvores cochilantes, elas fazem um som que parece sono, vamos.
E sem perceber Lire pegou nas mãos de Théordore e saiu voando com ele, que achou a mão de Lire uma das coisas mais bonitas que havia visto, o voo durou pouco, até avistarem Ledim sentado perto de uma árvore, Lire o achou também tão aquarela, pousaram e ele abriu um sorriso.


- Querida Lire, o que a trazes aqui, já estou de partida.

- Ledim, precisamos de sua ajuda, eles precisam – disse mostrando o príncipe – conhece algum lugar que pequenos elfos podem viver?


A primeira parte dessa história: Lire e o Príncipe elfo - I

5 comentários:

*Escritora de Artes* disse...

Oi Gaby,

Adoro suas histórias mágicas, seus desenhos também sao lindos...

Bjos

© Piedade Araújo Sol disse...

tanta ternura e imaginação nos teus contos.
acho que ainda vais publicar um livro para crianças.
tens imenso talento.
um beijo

:)

Rafael Castellar das Neves disse...

Olá Gaby!!

Hoje estou passando descaradamente para fazer uma divulgação do meu livro "Patos" que disponibilizei gratuitamente e democraticamente para download e leitura on-line aqui no meu blog.

Desculpe a invasão e obrigado pela oportunidade!

Abraços,

Rafael

Andressa disse...

Uma graça seu blog, parabéns

Zilani Célia disse...

OI GABY!
TEU CONTO É DOCE, BEM ESCRITO, FOFO, PERFEITO PARA CRIANÇAS, NÃO QUE OS ADULTOS NÃO GOSTEM, POIS ESTOU AMANDO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/