Páginas

sábado, 20 de abril de 2013

Da Montanha Mágica.



Estás longe de casa fada da montanha, você a vê e sente seus sopros, seus suspiros, seu contar de histórias. Você voa para longe, através da névoa da manhã de meio de outono, sobe ao céu com o sol tranquilo cheio de luz dourada do fim do dia, e sente mágica nos seus dedos, tão longe de sua montanha mágica. Através dela há florestas e vales, vilarejos e lagos, sonhos e amor, perto dela fada da montanha, está seu lar. Árvores farfalham música a ti, no seu repouso de olhar, para lá, para perto, dentro, onde estás? Desce o rio que acaba em rosas, há de se ter um conto mágico ali, ouvira uma vez lá na montanha a poesia:

“O rio descia
Montanha,
E céu,
E quando chegava
Encontrava três rosas
Que acalentava o seu final”.

E você olha, há poucas folhas nas árvores, mas muitas em seu coração, e você voa até a montanha cheia de distâncias e acalentos pequeninos tão perto. 

6 comentários:

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Preciosa Historia que despierta millares de sensaciones de Fantasía en ese Paisaje tan sutilmente descrito por tus hermosas Palabras.
Abraços e beijos.

Flá Costa * disse...

que coisa bonita! Parece que a delicadeza na hora de escrever é um traço - delicioso - seu!

beijinhos

Felina Bekhell. disse...

Uaauu! quanta sensibilidade em suas palavras...
Serei sua fã!
Beijos!

BIA disse...

✽.¸¸.•*`❀✽.¸¸.•✽

A montanha mágica parece um recanto de paz e felicidade que à natureza proporciona.
Muitos sorrisos e alegria pra você Gaby que com sua doçura espalha as coisas boas da vida.
Bjs :)

✽.¸¸.•*`❀✽.¸¸.•✽

Bruna Gabriela disse...

Amo viajar com seus textos,
são leves e nos permitem sonhar!

© Piedade Araújo Sol disse...

a ternura que você deposita em cada palavra que escreve, deve combinar bem com você

um beijinho

:)