Páginas

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Jardim Mágico


Querida Isadora,

      Amanheceu nublado com o cheiro da chuva de toda a noite, os troncos das árvores molhados da rua, o cheiro de suas folhas, as gotinhas espalhadas pelas flores, pela grama, o canto de manhã depois de chuva dos pássaros musicaram meu coração, e isso é de deixar qualquer manhã bonita ao coração, por mais cedo ou tarde que possa ser, e era cedinho.
     E eu olhei para ele Isadora, nosso jardim mágico, faltam dois dias para a primavera, e a chuva de ontem deu mais cores para as flores, o portão de madeira continua o mesmo, as flores e os galhos por cima dele, as muretinhas cinza ao lado com um pouco de musgo, parece que ficou um tanto verdinho o cinza de ontem para hoje; o caminho parecendo um espelho, se chover novamente acredito que dá para se ver inteirinha nas águas daquele caminho Isa, a caixa de correios também é a mesma, vermelha como um coração, também quero ter um jardim com uma caixa de correios vermelha como um coração, todas as cartas que recebemos ficam em nosso coração mesmo, vermelhinho de amor.
     E assim fico pensando Isa, e desejando muito que essa carta lhe chegue à sua caixinha de correios e vá direto para seu coração, antes mesmo de você abrir o envelope e ver meu escrito.
   Lembro-me do dia que entramos pela primavera vez no jardim mágico, olhamos os jardineiros trabalharem o tempo todo nele, e perguntamos na época para uma moça jardineira de chapéu florido “O que estão fazendo ai?”, e ela nos respondeu “Um jardim para todos visitarem, e meninas, não contem o segredo, ele será mágico”. Chegamos em casa e fizemos aquela história lembra, de poucas frases, que existia um povo antigo chamado jardineiros mágicos, e eles sempre voltavam para construir um jardim em um lugar especial, e quando pronto o jardim deixa todos felizes e cheios de primavera, os passarinhos até falam com as pessoas, eles falam o tempo todo em todo lugar, mas às vezes é preciso um jardim mágico para fazerem as pessoas ouvirem.
     Há tantos jardins mágicos, espero que por ai tenham muitos Isa, e que meu coração também me leve sempre para onde tenha esses jardins, que borboletas azuis sempre venham esperar e festejar primavera, que tenha cheiro de chuva quando chove toda a noite, e essa manhã começou tão jardim e tão mágica que precisava lhe escrever. Tem vezes que olho para ele e pergunto se ele existe de verdade ou só é nossa história, não sei até hoje Isadora, mas que diferença também poderia fazer, se nossas histórias e verdades sempre se misturaram, e acho que sempre é assim, e eu agradeço por existirem tanto de verdade como nas histórias, jardins mágicos.

De sua irmã que lhe ama, Isabela.

6 comentários:

*Escritora de Artes* disse...

Olá Gaby,

Que carta cheia de ternura e magia, que lindo! Adorei...adorei...adorei...

Bjos

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

bela carta que transpira emoção e saudades!

Kamila Behling disse...

Oi lindeza!
Vim te desejar um ótimo final de semana e dizer que espero que estejas bem.

Fique com Deus!

marília sant'ana disse...

Que fofa você. E eu li ali, também adoro Miss Potter ♥
Obrigada por ter visitado o www.vidadeoculos.com.br :)

BIA disse...

Em um mundo cheio de crueldade e maldade, faz um bem enorme ler essas doçuras!!! Bjs :)

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção