quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mãos de Abraço.

Em meio à chuva do dia tão nublada
Brotou-se um suspiro de sol
Quando deram as mãos.
As mãos juntas soltaram
Pequenos feixes de luz,
Recebeu o sopro do vento-chuva,
Nasceram entre elas pequenas folhas
Que as abraçaram,
Enfeitando-as como uma só.
Um olhar, um gesto, um silêncio.
A chuva ainda caindo,
O suspiro de céu as protegendo.
Quando duas mãos se juntam em um abraço,
Milagres acontecem.

10 comentários:

@ Escritora disse...

Lindo!

...e eu continuo acreditando em milagres...

Bjos

AC disse...

Gaby,
O olhar é reflexo da alma. E o seu é tão iluminado...!

Beijo :)

Denise Portes disse...

Gaby,
Quando leio suas palavras meu coração se enternece, muito delicado.
Um beijo
Denise

Lívia Inácio disse...

que lindo!

quero viver um milagre assim.

beijo

Fred Caju disse...

O problema que todo mundo está apressado demais pra perceber...

• Ӗwerton Ľenildo. disse...

Perfeito. Sem palavras, esse texto é muito lindo *---*
Estou lhe seguindo sem medo!
Segue meu cantinho se gostar também? hehe
papeldeumlivro.blogspot.com

Sucesso sempre, beeijão :*

Stella Rodrigues disse...

Que fofo. O coração aflora né?

Stella Rodrigues disse...

Linkei você no meu blog pra poder te visitar sempre :*

O Profeta disse...

Amei, amo a beleza
Tropecei muita vez na incerteza
Transformei miséria em realeza
Ri de contente e de tristeza

Ri para os olhos que me deram amor
Ri para o mar onde pesquei ilusões
Ri em cada partida e chegada
Que fiz numa vida de contradições

Procurei o segredo da verdade feliz
Percorri o caminho do vento cheio de ardor
Uma gaivota entregou-me uma concha cheia de mar
Era…O Elixir do Amor…

Um mágico Natal

Abraço-te

AquilesMarchel disse...

uau!!!!!