quinta-feira, 22 de julho de 2010

Procura.

Somos essa mescla de muitos tempos
De muitas caminhadas de chuva e sol
Somos essa infinidade de momentos
atravessando rosa e girassol.

Colocados em rima por tanto mel
embaralhados como folhas no chão
girando e girando como carrossel
procurando algum caminho seguro no coração.

Procurando atalhos e caminhos corretos
Procurando um vento meio torto que carregue
Atravessando as alamedas, florestas, tetos...
Tentando voar pelo céu como um pássaro segue.

Somos essa mescla de linhas já escritas
E aquelas que estão ainda esperando,
palavras amontoadas e não entendidas
um desejo de seguir assim, cantando.

11 comentários:

Thais Michele disse...

"Somos essa mescla de linhas já escritas
E aquelas que estão ainda esperando,"

Descrição perfeita amiga!
Adorei... como sempre escrevendo com os sentimentos.
beijosss

Michelle disse...

Gaby!
Lindo poema!

Tenho que concordar que vc resumiu perfeitamente... somos de fato uma mescla de muitos tempos... E que bom que essas lembranças de td que vivemos segue com a gente!
E ai ainda que a gente não encontre muitas vezes os atalhos e caminhos corretos, acho que o importante é que continuamos a procurar...
Beijo grande!

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Talles Azigon disse...

e é que a vontade de existir per passa pela vontade de continuar sendo sempre poeta

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga Gaby

Hoje estou passando para agradecer
a sua amizade.
Amizade que torna a vida preciosa.
Que enche de cores as minhas palavras.
Que me faz ainda mais feliz,
com o afeto distribuído
a cada visita,
a cada comentário
e a cada palavra escrita
no livro dos meus dias.

Sua amizade me faz melhor.

Eduardo Trindade disse...

Somos a soma de muitas coisas, e esta diversidade nos faz ricos. Gostei da maneira poética com que falas disso...

Andrea de Godoy Neto disse...

Gaby, de que forma linda tu descreves a mescla de coisas que nos tecem! fiquei encantada com algumas, como: "atravessando rosa e girassol" e
"Procurando um vento meio torto que carregue
Atravessando as alamedas, florestas, tetos..."

gostei tanto deste vento meio torto =)

beijo imenso, flor linda!

Você em Pauta disse...

"Somos essa mescla de linhas já escritas
E aquelas que estão ainda esperando,"

Na vida somos asssim, obras de artes que ainda faltam cores, linhas que contam historias mas que ainda carecem de letras, melodias e rimas.....

É como uma aquerela, cheia de cores.... porem, nesta obra de arte temos apenas os pinceis, porem nao somos os artistas... os artistas sao aqueles que delegamos, entregamos tais pinceis para eles pinatrem e colorirem nossa vida....

Temos apenas a caneta, entregamos a eles para que possam escrever divertidas historias em nossas linhas ainda em branco...

Nessa necessidade que temos de ser preenchidos e assim podermos viver, todos os dias eu entrego a voce o pincel e caneta...... confesso que venho colhendo maravilhosas pinturas e incriveis historias....

Que seja assim....

Que seja eternamente assim....

Felliphe

Pri C. Figueira disse...

Assim somos nós, mescla de tempos, cores e sons! Alguns dias estamos mais intensos em determinadas cores e outros ecoando certas notas e compassos!
E sempre a procura... desejando, buscando!
Que lindo isso Gaby! Amei seu texto, doce, puro e cheio de sentimento!

Um grande beijo.

Leonardo B. disse...

[somos um tudo, por vezes quase nada... o que resta do corpo e da asa]

um imenso abraço,

Leonardo B.

Lívs. disse...

Você é uma mescla de inspiração e sensibilidade. beijos, lindo poema!